Linhas de Distribuição Subterrânea

Desenvolvido pelos professores Ivan José da Silva Lopes, José Osvaldo
Saldanha Paulino, Wallace do Couto Boaventura e Glássio Costa de Miranda, ambos do Departamento de Engenharia Elétrica da Escola de Engenharia da UFMG, o estudo de linhas de distribuição subterrânea foi encomendado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), juntamente com a Cemig, com o objetivo de avaliar os critérios de um possível projeto nesse molde, especificando espaçamentos mínimos entre as instalações para evitar interferências entre as transmissões.

O trabalho possibilitou criar as condições necessárias para analisar criteriosamente a possibilidade de diminuição das interferências eletromagnéticas e a integridade do isolamento. A partir disso, melhores soluções foram apresentadas.

A principal vantagem da instalação de linhas elétricas subterrâneas é a diminuição da poluição visual nas áreas urbanas. Contudo, os cabos não podem ser submetidos a determinadas situações como choques mecânicos, umidade, etc. Além disso, também é necessário compatibilizar a rede elétrica com as demais redes subterrâneas (rede de água, de dados, de gás, entre outras) para que, a distâncias adequadas, uma não interfira na outra.