Reforma do Centro Cultural do Banco do Brasil

Inaugurado em 2013, o Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB) em Belo Horizonte, está instalado em um dos edifícios mais tradicionais da capital mineira, projetado em 1926 pelo arquiteto Luiz Signorelliem. Antes de fazer parte do Circuito Cultural da Praça da Liberdade, o edifício hoje é conhecido por receber exposições de artistas célebres e ações culturais diversas, passou por uma ampla reforma.

Para projetar a construção de alta complexidade do teatro, localizado no pavimento térreo do prédio, o CCBB dispôs das competências de engenheiros do Departamento de Estruturas da Escola de Engenharia da UFMG. O projeto inicial, coordenado pelo professor Sebastião Salvador Real Pereira, previa a remoção de 14 pilares do térreo até o 3° pavimento. Com o objetivo de não comprometer a sustentação do edifício, a solução encontrada pelos especialistas foi a instalação de uma estrutura metálica interna para suporte dos pilares a serem removidos, fazendo assim a transferência da carga e deixando espaço livre para a área que atualmente recebe espetáculos teatrais, musicais e etc.