Manejo das águas pluviais usando técnicas verdes no campus UFMG Pampulha: uma abordagem sustentável

Desenvolvido pela professora Talita Fernanda das Graças Silva, do Departamento de Engenharia Hidráulica e de Recursos Hídricos da Escola de Engenharia da UFMG, o projeto de manejo das águas pluviais investiga como a utilização de técnicas verdes (tais como jardins de chuva, telhados verdes, etc.) pode contribuir para a redução das inundações, em especial no campus UFMG Pampulha, localizado em Belo Horizonte.

No Brasil, o manejo das águas provindas das chuvas em áreas urbanas é baseado em práticas higienistas, segundo as quais o volume pluvial deve ser escoado, por gravidade, para a jusante o mais rápido possível e preferencialmente de modo subterrâneo.

Em grande parte das cidades brasileiras, no entanto, os crescimentos populacionais, a intensificação da urbanização e as mudanças no uso do solo e impermeabilização das superfícies têm levado à obsolescência gradual e inexorável das redes de drenagem concebidas sob a óptica higienista. Mesmo com a construção de bacias de detenção para amortecer e/ou retardar o escoamento exterior, prejuízos financeiros, ambientais, estéticos e sanitários continuam ocorrendo.