Caracterização 3D de rochas de reservatório de petróleo e dos fluidos em seu interior

Desenvolvido pela professora Augusta Cerceau Isaac Neta, do Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais da Escola de Engenharia da UFMG, em parceria com a Petrobras, este projeto visa obter novas informações sobre os mecanismos de transporte de água/óleo em rochas de reservatório.

Para tanto, utilizou-se um dos métodos mais inovadores em questão de ensaios não destrutivos para estudos de fenômenos dinâmicos em tempo real. A análise consiste na combinação da técnica de tomografia de raios X Síncrotron aliados a dispositivos capazes de simular as condições de carregamento aos quais os materiais estão submetidos.

Nos últimos anos, os estudos de engenharia têm vivenciado um progresso significativo na predição das propriedades dos fluidos multifásicos (pressão capilar e permeabilidade relativa) em meios porosos. Esses trabalhos se baseiam principalmente na aplicação de equações de Navier Stokes, incluindo métodos de Lattice-Boltzmann, em representações digitalizadas da complexa rede de poros presentes em rochas de reservatórios de petróleo.

Para a obtenção dos volumes digitalizados, a tomografia de raios X (TRX) laboratorial tem sido bastante utilizada, fornecendo um mapa tridimensional (3D) do coeficiente de atenuação das rochas.