Metanização de resíduos sólidos urbanos

O projeto de desenvolvimento de tecnologia nacional de metanização de resíduos sólidos urbanos foi desenvolvido na Usina do Caju e operada pela Companhia de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro (COMLURB). Utilizando a tecnologia de “Túneis de Metanização de Batelada Sequenciais” (TMBS), o projeto tem como objetivo solucionar os problemas de acumulação dos materiais sedimentáveis, reduzir os custos de introdução e extração, minimizar o tempo de pós-tratamento do material digerido e otimizar a produção de biogás.

A quantidade de resíduos sólidos urbanos (RSU) é cada vez mais crescente no Brasil. O simples aterramento deste RSU gera perda de matéria prima e energia, resultando em contaminações futuras. Como alternativa tecnológica para aproveitamento energético desses resíduos é feita a instalação da planta com a tecnologia TMBS. Diversos testes são realizados para definir, ao final dos procedimentos, as condições ótimas de funcionamento e a rotina de operação do sistema.

Através da metanização (conversão de resíduos orgânicos em metano) os restos orgânicos são transformados em biogás e, posteriormente, em energia térmica e elétrica, água de reúso e biossólido agrícola, que serve como fertilizante.