Sistema automatizado para monitoramento e diagnóstico de falhas em ativos de subestações

Coordenado pelo pesquisador Roberto Marcio de Andrade, professor aposentado do Departamento de Engenharia Mecânica, o projeto tem como objetivo o desenvolvimento de um sistema automático e integrado, de baixo custo e alta confiabilidade metrológica, para monitorar os ativos de uma subestação (instalação elétrica de alta potência) de distribuição de energia elétrica, através da Termografia, sem necessidade de desligamentos.

Quando a temperatura da superfície do ativo de uma subestação se aproxima de valores críticos é necessário a intervenção da equipe técnica para evitar perda do desempenho. Com a utilização do sistema de Termografia se torna mais eficiente detectar a anormalidade, diminuindo os prejuízos provocados por uma possível interrupção do funcionamento destes ativos e, consequentemente, as despesas associadas.

O uso dessa tecnologia possibilita redução de custos, uma vez que somente após a detecção de problemas (em estágio inicial) em algum ativo de uma subestação, que os membros da equipe técnica serão deslocados para uma avaliação. Além disso, por ser composto de equipamentos de filmagem, tal sistema pode ser aplicado também para fins de vigilância patrimonial.